Santander abre linha crédito Energia Solar


03 Sep
03Sep

A geração solar de energia no Brasil deve ganhar um reforço depois de o banco Santander anunciar, hoje (29/8), uma linha de crédito especial para financiar a compra de equipamentos fotovoltaicos. Os financiamentos poderão ser obtidos com juros mínimos de 0,99% ao mês – no caso de parcelamentos em até 36 vezes.

Já nos período superiores, a taxa sobe para 1,08% mensal. Os prazos limite para pessoas físicas é de 48 meses, enquanto, para empresas, será possível contratar o crédito em até 60 vezes. Por sua vez, produtores rurais que utilizarem a modalidade CDC Agro Solar terão taxa de 1,12% ao mês, com a possibilidade de pagamento com parcelas semestrais em até 48 meses.

Para efeito de comparação, hoje, a taxa mais baixa praticada é de 1,69%, segundo o Santander. O banco estima que, com as novas condições, o valor de R$ 1,8 bilhão será desembolsado em financiamentos até 2021 – para ter mais segurança no processo, foi obtido um financiamento com o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) de US$ 100 milhões, hoje equivalentes a R$ 412 milhões.

Fonte: Revista Época

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.